Lista de Arquétipos

"Arquétipos negativos e/ou fracos: São aqueles que inibem a produção dos neurotransmissores que dão poder e felicidade. Alguns exemplos de utilização negativa e/ou fraca:

Banana: é a pessoa que não tem personalidade, todo mundo faz de bobo.
Coelho: Extrema fertilidade, sexualidade, alvo fácil para os predadores.
Crâneos, ossos, monstros, morte, bandeiras de piratas, fantasmas, monstros: São extremamente negativos, induzindo ao comportamento auto­destrutivo. Péssimo em relação ao nível de endorfinas. É o arquétipo mais poderoso do lado negativo.

Deve-­se dar atenção também aos seus correlatos, tais como: terremotos, maremotos, seqüestros, assassinatos, conflitos, guerras, crimes passionais, sensacionalismo, desastres, enfim tudo que estiver relacionado com morte e destruição.

Provocará o conformismo, passividade, negativismo, impedindo o pensamento analítico. Juntamente com esta técnica, veicula­-se um número muito grande de informações que não têm como serem digeridas pelo consumidor, isto impede que ele pense.

Junte-se à esta técnica mais outra que é classificar alguém, um fato ou um produto e o consumidor aceitará passivamente esta classificação. 
Tudo deve ser afirmado, pois o consumidor tem a tendência de acreditar no que é transmitido, e a seguir quem parece saber o que fala. Quanto mais for afirmado, mais ele acreditará, não importando se é mentira ou não.

Veja inúmeros exemplos ao longo da história, sobre uma mentira ser tão repetida que o público passou a acreditar que é verdade. E o que a pessoa acredita que é verdade, é “verdade” para ela, para todos os fins práticos.

Este arquétipo permite dosar exatamente quanto de depressão se quer numa determinada população. Isso tem implicações evidentes na atividade econômica, social, etc. Portanto, nada é por acaso.

Tudo pode ser determinado e previsto em termos de comportamento humano. Não existem surpresas nessa área. Não após tantos milênios de conhecimento acumulado. O que existe é falta de conhecimento, de profissionalismo, etc.

Elefante: Burro de carga, peso excessivo, falta de agilidade e depressão.
Formiga: trabalha demais, sem individualidade, fácil presa.
Galinha: Procria sem cessar, fácil presa.
Macaco: Fraco por imitar, falar demais, roubo, agitação.
Papagaio e suas variações: Muito fraco, imitador, fala muito, presa fácil
Pato: Símbolo extremamente fraco, usado como referência de fraqueza, falar muito, ser passado para trás facilmente, otário.
Pingüim: Excessiva lentidão, presa fácil, uma fria.
Ratos: Inquietação, doença, demônio, mal, ladrão, sempre foram considerados entre os piores símbolos possíveis, baixíssima auto­estima, desonestidade, provoca desconforto assim que é visto, etc.
Sapo: Bruxaria, alucinação, volúpia, avareza, fecundidade, pântano.
Tartaruga: Excessiva lentidão, não produz, demora, devagar quase parando.
Vaca: Animal de corte, puxar arado, burro de carga, sacrifício.


Arquétipos positivos e/ou fortes: São aqueles que induzem a produção dos neurotransmissores que geram poder e felicidade. Produzem resultados positivos e fortes, como crescimento, riqueza, prosperidade, elevada auto­estima, sistema imunológico forte, alegria, criatividade, etc.

Alguns exemplos de utilização positiva e/ou forte:

Águia: Produz dopamina. É um dos mais poderosos arquétipos que existem. Provoca elevadíssima auto­estima, prosperidade, crescimento, realização, sabedoria, poder, etc. O impacto emocional deste arquétipo nunca deve ser subestimado. Provoca a superação de qualquer desafio, perda, luta, etc. Indispensável para vencer na vida. Sempre relacionada com deuses, Zeus, o Sol, o Cristo, São João Evangelista, adorna pias batismais na Itália, etc. Citada na Bíblia em dezenas de versículos. É o símbolo dos presidentes, empresários, campeões, líderes, impérios antigos e modernos, etc.

Inúmeros casos são relatados sobre aumento de ganhos, ofertas de emprego, novas oportunidades surgidas após o início do uso deste símbolo. É extremamente forte, devendo ser usado com critério. Todas as pessoas expostas ao arquétipo receberão seu efeito, isto é, passarão a crescer, evoluir, produzir mais, etc. É o arquétipo do Macho Alpha e da Fêmea Dominante.

Alce: Grande prosperidade, muita firmeza e decisão, fecundidade.

Âncora: Apoio, constância, garantia nas dificuldades, esperança, calmante.

Arco: Poder vital, força, flexibilidade, intenção, dinamismo.

Árvore: Importantíssimo símbolo de vida e prosperidade. Proteção, vida, abundância, crescimento. Provoca a união entre as pessoas. Estimula os relacionamentos. Poderoso símbolo para induzir estados de consciência.

Automóvel: sexualidade, poder, penetração, sexo, qualquer emoção pode ser associada à um carro, dependendo de sua aparência. Evidentemente nenhum carro pode ter todas as emoções associadas à ele.

Aquário: Provoca calma e relaxamento induzindo ondas cerebrais alfa.

Balança: Equilíbrio, justiça, decisão.

Baleia: Paz, tranqüilidade, harmonia, relaxamento, amor, relacionamento.

Borboleta: Transmutação, mudança, renascimento, libertação, leveza.

Bússola: Direção, orientação, determina o destino, precisão, rigor, imparcialidade.

Cálice: Destino, grande quantidade, opulência, relacionamentos, comungar da mesma crença, em termos cósmicos de onde flui a energia vital inextinguível.

Cão: Amizade, proteção, provocam diminuição da ansiedade.

Capacete: Poder, defesa, potência, inatacável.

Carvalho: Força, virilidade, perseverança, grande poder de relacionamento, proteção, vitória.

Cavalo: Elevada autoconfiança. Velocidade, decisão, independência. É o símbolo dos gerentes e diretores.

Chama: Regeneração, purificação, renascimento, sexualidade, expansão da consciência, divindade, um dos quatro elementos primordiais, fé, defesa, luz.

Chapéu: Poder, autoridade, idéia, pensamento, valor.

Charuto: sexualidade, virilidade, poder, potência.

Chifre: Força, poder, virilidade, fertilidade, masculino, atividade.

Círculo: Unidade, sexualidade, absoluto, divindade, perfeição, iluminação, infinito, proteção, alma.

Colméia: Expressivo, indústria, trabalho, organização, produção.

Conchas: Feminilidade, geração, órgão sexual feminino, símbolo fálico, fertilidade, nascimento.

Cristal: Pureza, transparência, clareza, arquivo de conhecimento, união.

Crocodilo: Poder, paciência, determinação, assimilação.

Cubo: Solidez, estabilidade, firmeza, segurança, completo.

Escada: Ascensão espiritual ou descida ao inconsciente.

Escudo: Defesa, amparo, auxílio, proteção.

Espada: Força, coragem, poder, fálico, decisão, separação, auto­estima, autoconfiança.

Espelho: Saber, autoconhecimento, consciência, imaginação, criatividade, magia.

Estrela: Sorte, aspiração, destino, divindade, humanidade, pontos cardeais, cooperação.

Ferradura: Ligada ao cavalo representa boa sorte e auto­confiança.

Ferro: Durabilidade, força, robustez, inexorável, implacável, inflexível.

Flecha: Poder vital, força, decisão, intenção, fálico, dinamismo.

Flores: Sucesso, harmonia, prosperidade, calma, paz, relaxamento, possibilidades.

Floresta: A vida da pessoa, a mente consciente e inconsciente, vida, sociabilidade.

Fonte: Inconsciente, geração da vida, retorno, abundância, conhecimento, inicio e vida.

Fruta: Maturidade, realização, desenvolvimento, vida, abundância, prosperidade, sucesso.

Garfo: Alimentação, devorar, poder.

Gatos: Independência, intuição, auto­estima.

Golfinhos: Sociável, coragem, inteligência, movimento, alegria de viver. Ideal para lugares de reuniões, festas, etc. Não colocar no local de trabalho.

Hera: Amizade, fidelidade, sensualidade, feminilidade, crescimento, abundância.

Íris: Espelho, janela, abertura, possibilidade, potencial, verdade.

Jardim: Lugar ideal, agradável, imaginação, feminilidade, descanso, relaxamento, esperança, realização, criatividade.

Lago: Inconsciente, magia, feminilidade, abertura, profundidade.

Lâmpada: Luz, sabedoria, previsão, inteligência, prudência, ligado ao divino, espiritualidade, escolha, conhecimento.

Lança: Poder, fálico, masculino, direção, decisão, coragem.

Leque: Proteção, nobreza, conjunto.

Leopardo: Ação, determinação, rapidez, altivez, força, fertilidade.

Leste: Onde o sol nasce, despertar, renascimento, novas oportunidades, vida.

Limão: Vida, pureza, proteção, incisivo, penetrante, cortante, defesa, limpeza.

Lontra: Guia, esperteza, rapidez, vida, feminilidade, felicidade, distração, prazer.

Lótus: Espiritualidade, pureza, vida, totalidade, renascimento, criação, harmonia, desenvolvimento, pureza, tranqüilidade, ascensão.

Lua: Fertilidade, sexualidade, feminilidade, transição, mudança, poder, inconsciente, fecundidade, receptação, suavidade.

Luva: Direito, nobreza, realeza, pureza, defesa, poder.

Milho: Prosperidade, riqueza, crescimento, abastança.

Montanhas, vales e nuvens: provoca um maior relacionamento entre as pessoas. Firmeza, durabilidade. Ascensão espiritual, impassibilidade, esconderijo, realização, revelação, ideal. Ótimo para comércio, restaurantes, etc.

Navio: Criatividade, aventura, alegria, coragem, proteção, mental, adaptação.

Olho: Espírito, visão, atividade, futuro, visão interior, divindade, visão ampla, percepção, vigilância, onipresença, sabedoria, penetração, magia, proteção.

Orelha: Comunicação, lembrança, memória, percepção, inspiração, sabedoria, escolha, fálico.

Orquídea: Sorte, riqueza, proteção, suntuoso, luxo, brilho.

Ouro: inteligência, luz, eternidade, perfeição, conhecimento, purificação, prosperidade e riqueza.

Ovo: Fecundidade, sexualidade, vida, procriação, totalidade, início, nascimento, abundância, possibilidade, potencial, perfeição.

Pé: Vontade, avançar, tomar conta, vencer, fálico, humildade, movimentação.

Pedra: Eterno, imutável, força concentrada, proteção.

Pena: Poder, asas, posição social, ágil, delgado, veracidade, gracioso, tênue, ligeiro, suave, delicado.

Pinha: Fertilidade, felicidade, fortuna. 

Portão: Passagem, segredo oculto, proibição, convite e revelação.

Puma: Velocidade, força, auto­estima, sutil, trabalha só.

Quadrado: Matéria, terrestre, humano, realidade.

Relva: Humildade, paz, obediência, subordinação, dependência, docilidade.

Remo: Ação, decisão, flexibilidade, fálico, direção.

Roupa: auto­aprovação, auto­estima.

Rua: Novas experiências, contatos, vivência, vida.

Sabão: Trabalho, dedicação.

Sempre­viva: Proteção, vida, prosperidade, crescimento, eternidade.

Serpente: Proteção, alma, mudança, fálico, energia, vida, libido, inteligência, auto­renovação, universo.

Sol: Luz, inteligência, vida, fertilidade, ressurreição, calor, justiça, poder.

Tigela: Sexual, fálico, recepção, permanência.

Tigre: Força, ferocidade, protetor, esforço, provoca ação, efeito muito forte. Não deve ser usado sem critério.

Trono: Grandeza, glória, poder, sabedoria, autoridade.

Unicórnio: Poder, fálico, transparência, sinceridade, cura.

Urso: Poder, ação inconsciente, força, resistente, determinado, firme.

Vinho: sociabilidade, raiz, terra, lar.

Vulcão: prosperidade, crescimento, morte e renascimento, ciclo.

 

Fonte: Livro Hélio Couto
Marketing e Arquétipos

Sobre a loja

Atendimento apenas online, sede localizada em Piracicaba. Responsável: Cibele Bérgamo. Lançamento Oficial da Loja Virtual: 08 de março de 2022 - Dia Internacional da Mulher.

Social
Pague com
  • Pagali
  • Pix
Selos

Cibele Bergamo - CPF: 161.364.338-18 © Todos os direitos reservados. 2022

google-site-verification=AJYw4_rOS7jyT7sgcSmwu14VLMhFS6ETfCy2LLk9jS0